Estudo do Tesouro Nacional sugere medidas para contenção da inadimplência dos Estados

  • - 27 novembro, 2018 - Novidades

O Tesouro Nacional divulgou neste mês de novembro estudo inédito no qual aborda o ciclo de endividamento dos Estados e Municípios e suas respectivas causas e consequências. A iniciativa foi motivada pelo grave endividamento dos estados brasileiros e a busca de soluções para reversão do desequilíbrio financeiro no curto prazo. Em 2017, os Estados, Municípios e Distrito Federal contaram com o refinanciamento de dívidas por parte da União na ordem de R$ 630 bilhões.

O documento citou medidas adotadas pelo Ministério da Fazenda para reduzir os riscos de insolvência, tais como a renegociação de dívidas, redução da taxa de juros e prolongamento dos prazos de pagamento.

Além disso, o texto sugeriu a adoção de medidas como a revisão dos limites do Senado Federal, no intuito de barrar a contratação por entes que apresentem situação fiscal instável, bem como o uso de boas práticas a serem adotadas pelas instituições financeiras para a concessão de crédito aos entes.

O estudo realizado pode provocar importantes alterações no controle da dívida dos estados brasileiros e consequente impacto (positivo) nos níveis de inadimplência dos mesmos.

Fonte: Tesouro Nacional https://www.tesouro.fazenda.gov.br/documents/10180/0/Texto+da+discuss%C3%A3o+versao+3+corrigido/9b49c80d-df45-4e6f-8822-0c511921f4b9